Reportagem

DIA DO JORNALISTA É COMEMORADO ANUALMENTE EM 7 ABRIL.

 

“Você nos dá ouvidos. Você nos dá olhos. Você nos dá voz. E nós damos os parabéns!” RCP*

A data homenageia o trabalho dos profissionais da mídia, responsáveis por apurar fatos e levar as informações sobre os acontecimentos locais, regionais, nacionais e internacionais para as pessoas, de maneira imparcial e ética. Seja na rádio, na televisão ou nos jornais impressos, o jornalista deve sempre trabalhar tendo como base a imparcialidade e fontes de informação confiáveis. 

Origem do Dia do Jornalista

O Dia do Jornalista foi criado pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) como uma homenagem a Giovanni Battista Libero Badaró, importante personalidade na luta pelo fim da monarquia portuguesa e Independência do Brasil.

Giovanni Badaró foi médico e jornalista, e foi assassinado no dia 22 de novembro de 1830, em São Paulo, por alguns dos seus inimigos políticos. O movimento popular que se gerou por causa do seu assassinato levou D. Pedro I a abdicar do trono em 1831, no dia 7 de abril, deixando o lugar para seu D. Pedro II, seu filho, com apenas 14 anos de idade.

Foi só em 1931, cem anos depois do acontecimento, que surgiu a homenagem e o dia 7 de abril passou a ser Dia do Jornalista.

Foi também no dia 7 de Abril que a Associação Brasileira de Imprensa foi fundada, em 1908, com o objetivo de assegurar aos jornalistas todos os seus direitos. 

Jornalismo no Brasil

O primeiro jornal brasileiro não era produzido no Brasil. O Correio Braziliense foi criado em 1º de junho de 1808 pelo jornalista Hipólito José da Costa Pereira Furtado de Mendonça, em Londres. Sua circulação encerrou-se em 1º de dezembro de 1822.

Os custos de produção dos primeiros jornais eram altos, e a tiragem era de poucos exemplares, já que a maior parte da população brasileira era analfabeta. O conteúdo dos semanários tinha um caráter predominantemente opinativo.

A imprensa brasileira passou a se desenvolver e se tornar mais popular com a abolição da escravatura, os avanços na educação básica, o barateamento dos custos de produção e possibilidade de inserção de imagens nos semanários, que depois se tornaram periódicos.

RCP – Roque Cortes Pereira – Jornalista MTB 72.113/SP

**Formado em jornalismo, administração e marketing, Roque Cortes Pereira detém uma extensa bagagem cultural. Preside a Holding EBS 7; é fundador e membro do Instituto Paulista de Empresários e Empreendedores; conselheiro nas Faculdades Integradas Rio Branco e na Faculdade Oswaldo Cruz; conselheiro da Fundação Rotária do Rotary Internacional.

Desportista nato, Roque Cortes é professor e fundador da Ordem do Karatê-Do do Brasil; membro da Confederação Brasileira de Karatê Tradicional e Esportivo – 5º DAN; diretor da Confederação Brasileira de Karatê Tradicional e Esportivo, membro Oficial da International Latin Karate Organization – IPEEM. Essas são apenas algumas das inúmeras atividades que ele exerce, sempre com inabalável paixão. https://roquecortespereira.blogspot.com/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »
%d blogueiros gostam disto: