Coluna Ralph Peter

Livros em Revista – Ralph Peter

8 Caminhos que Levam à RiquezaPablo Marçal (Büzz) –  Reconhecido internacionalmente como empreendedor de sucesso, aliás, vários, nessa nova obra, sua 15ª, levará o leitor, quase que pela mão, dada sua simplicidade, empática explanação, ao caminho da realização e riqueza. Em suas páginas o conceito de riqueza fica bem explicito e naturalmente acolhido. O sonhado sucesso necessariamente não significa o financeiro – só – a cada leitor caberá estabelecer o Seu significado e em qual melhor se enquadra. Resta uma certeza, Marçal é muito bom para ensinar e iluminar caminhos que deverão levar o leitor ao seu Nirvana. Não trata-se de “meramente” autoajuda no sentido de frases feitas, escolhidas para agradar. Não. É um verdadeiro manual. Absolutamente factível!

 

 

 

Barulho de Cachoeira –  Dirce de Assis Cavalcanti – (Ibis Libris) –  A Academia Carioca de Letras, sabiamente tem em seu quadro a paranaense autora. Nesta obra, Dirce coloca o lirismo em alta. Suas poesias e deliciosos mini contos, são puro encantamento, todavia, não para fazer rir, chorar, lamentar, antes, para clarear, trazer à tona sentimentos e lembranças, muitas vezes contidos lá no fundo do ser, em seus recônditos. Muita reflexão e puro prazer, em todos seus sentidos!

 

 

Arigó e o Espirito do Dr. Fritz: A verdadeira história do médium que curou mais de 2 milhões de pessoas e inspirou o filme Predestinado – John G. Fuller – (Pensamento) –  José Pedro de Freitas, “Zé Arigó” , nascido em Congonhas, Minas Gerais, falecido aos 49 anos, num acidente automobilístico, destacou-se mundialmente por realizar cirurgias e curas tidas como impossíveis, pela ótica da medicina tradicional. Nada cobrava. Curou milhares de pessoas pertencentes a todas as camadas sociais. Mesmo dos ricos e poderosos nada cobrava ou recebia. Talvez em função desse total desprendimento, foi dura e cruelmente perseguido por religiosos e entidades médicas, sendo preso. Arigó era um total iletrado. Incorporava uma entidade denominada Dr. Fritz, médico alemão, falecido em 1918, que guiava suas mãos. A obra, escrita pelo jornalista, pesquisador americano de paranormalidades, enfatiza seus feitos, com testemunhos e relatos dos mais variados. Consubstancia suas páginas com fotos que atestam a veracidade dos textos. Sem assepsia, anestesia e munido de faca ou canivete, suas cirurgias, com 100% de sucesso, eram assistidas por cientistas e atônitos pacientes. Até hoje, o fenômeno paranormal é estudado, sem que tenha um resultado sobre sua origem. Intrigantemente consistente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
%d blogueiros gostam disto: